Avançar para o conteúdo

Dr. Travel #1 – Estojo de Viagem

    Todos nós (ou quase todos) reconhecemos que a saúde é um bem precioso. No entanto, quando vamos de férias e queremos deixar para trás as responsabilidades, esquecemo-nos que devemos ter especiais cuidados de saúde, não só porque estamos num ambiente diferente, possivelmente com temperaturas e alimentos diferentes, mas também porque estamos longe dos serviços públicos de saúde como os conhecemos. Muitas vezes, sem serviços de saúde, de todo …

    Por isto, o mais importante é incluir a saúde no planeamento das suas viagens.  

    Vamos iniciar a rubrica Dr. Travel sobre cuidados de saúde a ter antes, durante e após a viagem. O primeiro post é sobre o estojo de viagem e sobre tudo o que deve levar nas viagens, principalmente ao estrangeiro, onde o acesso aos medicamentos não é tão fácil assim. Obviamente que cada estojo de viagens deve ser adaptado ao destino, e sempre que tiver dúvidas deve informar-se no seu médico assistente ou na consulta do viajante. 


    Não se esqueça que mesmo em alguns países da Europa, por exemplo no Reino Unido, o acesso a medicamentos que aqui não são sujeitos a receita médica, é realmente difícil. 

    Estojo de viagem da Jasmim com Amor
    Se tem patologias crónicas:

    – Leve toda a medicação que esteja a fazer para doenças crónicas, em quantidade necessária para UMA VEZ E MEIA o tempo da estadia, para poder fazer face a alguma emergência.

    – A medicação que leva como precaução deve guardá-la na mala e porão, com exceção da medicação habitual que deve ir sempre na bagagem de mão ou cabine.
    – A Informação Clínica das suas patologias e medicação crónica traduzidas na língua oficial do destino.
    – Leve consigo cópias das receitas prescritas, nas quais devem constar os princípios ativos dos medicamentos.

    Sugestão de estojo de viagem:
    Produtos de higiene/outros
    1. Frasco ou toalhetes de solução de base alcoólica (álcool a 60%) ou antisséptica (para lavar as mãos e feridas)
    2. Soro fisiológico
    3. Protetor solar (mínimo SPF 30, frasco pequeno)
    4. Óculos de sol e chapéu
    5. Repelente de insetos contendo DEET (30-50%), em spray ou roll-onO DEET é um ingrediente ativo encontrado nas fórmulas de muitos repelentes pessoais. Esta susbtância afeta os receptores olfativos dos insetos que picam, dificultando que eles nos reconheçam como uma fonte de alimentação. Em geral, as diferentes concentrações de um ingrediente ativo como o DEET num repelente relacionam-se com diferentes períodos de duração da proteção, e não com o efeito causado pelo repelente.
    6. Preservativos
    7. Desinfetante para água
    8. Par de óculos/lentes de contacto extra
    9. Endereços e números de telefone da embaixada ou consulado do país de origem
    10. Lanterna pequena
    First Aid Kit – TIGER


    Material para primeiros socorros

    1. Termómetro digital
    2. Tesoura
    3. Adesivo, pensos rápidos de diferentes tamanhos, luvas descartáveis, ligaduras, compressas esterilizadas pequenas
    4. Cremes para queimaduras solares
    5. Gel para picadas de insetos e alergias (ex. fenistil)
    6. Creme antifúngico e antibacteriano
    7. Hidrocortisona creme a 1% – Alivio do prurido das picadas dos insetos e irritações cutâneas, incluindo as causadas por queimaduras solares
    Bolsa H&M – aqui

    Medicamentos

    1. Medicação prescrita para aquela viagem em quantidade suficiente (p. e. anti-maláricos)
    2. Medicação para a prevenção/tratamento da doença da altitude – se vai viajar para destinos de grande altitude informe-se das medidas de prevenção das doenças de altitude
    3. Medicamentos para dores ou febre (os que toma habitualmente nessas circunstâncias, p. e. paracetamol)
    4. Medicamento para as alergias (p. e. anti-histamínico)
    5. Descongestionante nasal (se tiver problemas de ouvidos nos aviões) – (eu, eu, eu 🙁 )
    6. Pastilhas para a irritação da orofaringe
    7. Medicação para o enjoo do movimento (p. e. enjomin)
    8. Medicação para a diarreia- nos casos de diarreia, os antidiarreicos são usados para a diminuição do incómodo causado pelas dejeções frequentes. O mais importante para o seu estado de saúde são os sais de rehidratação oral. Existem várias marcas à venda nas farmácias. 
    9. Sais de rehidratação oral – MUITO importante nos casos de diarreira e vómitos para hidratar e quebrar o ciclo sintomático!
    10. Laxante suave (tipo lactulose)
    11. Anti-ácido em pastilhas
    12. Melatonina – alivio do jet lag
    *Sugestões da Direcção Geral de Saúde (adaptação)

    Boas viagens e muita saúdinha 😄😂
    Etiquetas:

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *