Avançar para o conteúdo

Ibiza: aspetos gerais e roteiro

A escolha por Ibiza não foi óbvia. Depois de um ano de muitas mudanças e momentos menos bons,  só queria descanso, sol quente e praias bonitas. Mas na verdade, não houve grande escolha – as férias foram marcadas com 2 semanas de antecedência. Procurámos voos a bons preços e, sem grandes alternativas, escolhemos Ibiza e um hotel em Sant Antoni de Portmany, a zona mais agitada da ilha.

As expectativas eram poucas e havia algum medo.  Será que vou conseguir descansar? Será que não é festa demais? O que vou fazer durante 7 dias numa ilha?

Mas se é para ir, é para ir! E lá fomos nós, em direção a Ibiza.

No final, a ilha surpreender-me muito e as expectativas foram largamente superadas.

Ibiza é muito conhecida por quem procura noites de diversão sem fim e as discotecas mais conceituadas do mundo, como o Pacha, Privilege, ao Amnesia e outros. E não fica nada aquém.

Mas eu conheci uma Ibiza muito para além da vida noturna. Encontrei na ilha o sitio perfeito para descansar nas praias de água cristalina e de um sol generoso. As águas claras das suas praias convidam permanentemente aos banhos e mergulhos. Fiquei fascinada pela diversidade das praias. Podemos escolher entre pequenas enseadas, extensas praias de areia fina, água mais agitada ou mais calma.
Descobri mercados hippies na rua, actividades culturais ao ar livre, concertos de música e “sunsets” maravilhosos.

Miradouro de Es Vedra

Fiquei ainda mais surpreendida com a parte cultural da ilha, declarada Parimónio da Humanidade pela UNESCO, graças à zona antiga da cidade de Ibiza onde se destaca o centro histórico, Dalt Vila e a catedral de Ibiza.

COMO FUI ?

Apanhámos o voo pela EasyJet no Porto às 17:35 e chegámos a Ibiza às 20:20 (hora local).

Aeroporto Francisco Sá Carneiro

ONDE FIQUEI?

Existem 3 aglomerados populacionais principais em Ibiza: a cidade de Ibiza, Sant Antoni Portmany e Santa Eulalia.

Cada área com características muito diferentes. Se procuram uma área tranquila para descansar e aproveitar o verão, então sugiro que fique em Santa Eulália. Se procuram o centro da festa, vão encontrá-lo em Sant Antoni Portmany, onde existem os bares, os hoteis e os beachs clubs com musica eletrónica. Se “a vossa praia” são as atividades mais culturais aconselho a cidade de Ibiza.

Hote Azuline Amantis

Nós ficámos no Hotel Azuline Amantis em Sant Antoni de Portmany e foi uma agradável surpresa. O hotel não estava localizado no epicentro da festa o que nos permitiu dormir noites descansadas mas, por outro lado, estava bem perto de onde tudo acontece. Muito frequentado por casais de mais idade, famílias com crianças e bastantes portugueses. A baia tem uma enorme marginal com pequenas praias que permitem passear a pé pela zona, usufruir dos cafés e bares, restaurantes e também do porto. Desde ali partem vários barcos, não só para Formentera, mas também para algumas praias e outras excursões. Portanto, o melhor dos dois mundos.

” O meu comentário google maps – Hotel Azuline Hotel Amantis

Classificação: (5 estrelas)

Tenho a melhor experiência deste hotel. Excelente para um hotel de 3 estrelas. Localização: muito central e ao mesmo tempo afastado da maior confusão. À noite não se ouve barulho da rua. Alguns dias tem animação antes de jantar: dj’s ou música mais acústica. Comida: A comida era variada e os pratos principais todos os dias eram diferentes. Tinha muita variedade tanto da cozinha mais americana como mediterrânica. Staff: sempre simpáticos. Quartos: todos com ar condicionado, tv e varanda. O único defeito é o facto de não ter wi-fi gratuito. Eu usei dados móveis, mas pode-se comprar wifi.”

IBIZA É CARO?

Ibiza é mais caro que o continente espanhol e que a média europeia. Por exemplo, uma cerveja em Ibiza pode custar cerca de 8 euros e uma garrafa de água 33cl 6 euros no Café del Mar, um dos cafés mais famosos da ilha.

Os preços das discotecas, depende da noite, da festa, do local e de quem atua. Por exemplo, os bilhetes para a festa F*** me I’m famous, onde David Gueta é o cabeça de cartaz, podem rondar entre os 47 e os 79 euros. Já a Revolution, um dos eventos mais populares do Space Ibiza, onde atua Carl Cox, custa entre 30 e 65 euros. No geral, as discotecas mais caras são o Pacha e o Amnesia (40-60€) e as mais baratas, entre a lista das melhores, rondam os 25€.

Os restaurantes e os beach clubs são extremamente apetecíveis mas também muito caros.

Sunset Ashram
Cala Nova

DICAS PARA POUPAR:

– Escolhemos hotel com meia pensão – não fazia sentido almoçar no hotel já que o nosso objetivo era passear. Ao almoço comíamos sandes na praia e jantávamos no hotel o que nos permitiu poupar muito dinheiro em restaurantes e puder usufruir de uma grande variedade de pratos simples e saudáveis. Algumas tardes em que sentíamos mais fome, experimentámos beach clubs e restaurantes na versão lanche (bastante mais em conta!).

The Boat House

O QUE FAZER EM IBIZA?

Nós não somos turistas de hotel-praia-hotel-praia, e por isso alugámos um carro e percorremos toda a costa da ilha. Conhecemos muitas praias, procurámos os melhores lugares para assistir ao pôr -do sol, as vilas, a cidade e ainda fomos a Formentera.

PRAIAS

A maior riqueza de Ibiza são as praias. Há praias de todas as formas e para todos os gostos. Aquelas mais bonitas mas repletas de gente, as mais calmas e escondidas, mar mais agitado ou mais calmo. Todas elas têm a particularidade da água do mar cristalina e a temperatura do mar apetecível. Basta fazer o roteiro pelas praias da ilha e encontrar as preferidas. A lista de praias bem frequentadas engloba Salinas, Cala Saladeta, Cala Jondal, Cala Tarida, Cala Hort, Es Canar, Cala Sant Vicent, entre outras.

Depois de visitar grande parte das praias de Ibiza, estas são as minhas praias favoritas:

  • Cala Comte
  • Cala Saladeta
  • Ses Salines
  • Playa San Vicent
  • Playa de Ses Iletes

Vou fazer um post em breve apenas dedicado às praias de Ibiza.

O segredo da cor cristalina da água do mar é a Posidónia, uma erva marinha de endémica do Mediterrâneo que foi declarada Património Mundial pela UNESCO.

O principal problema das praias de Ibiza são as medusas. Se ao chegar à praia a bandeira estiver amarela com um mar bastante sereno, já sabe que as probabilidades de um encontro com uma medusa aumentam. Eles são facilmente visíveis pelo seu tom acastanhado e são principalmente abundantes na água de manhã. Existe sempre um grupo de senhores e crianças “caçadores de medusas” que ocupam o tempo a retirá-las do mar para a areia para que as pessoas possam nadar no mar mais tranquilamente. As medusas de Ibiza não são extremamente nocivas e, normalmente, não provocam lesões major. Mas podem provocar uma vermelhidão na pele e alguma dor/ardor. A praia onde vimos mais medusas foi a Cala Saladeta, uma das praias mais bonitas da ilhas.

Medusa

IBIZA

A cidade de Ibiza tem uma atmosfera especial e conta com duas zonas especialmente interessantes para os turistas:

Dalt Vila

Localizado na parte alta da cidade, o bairro antigo de Ibiza é mais conhecida como Dalt vila, e está rodeada por uma muralha construída no século XVI para proteger a cidade dos piratas e dos otomanos.

As ruas de pedra de Dalt Vila convidam a um passeio tranquilo em que as pequenas casas revestidas de cal se amontoam até chegar à parte mais alta, onde podemos usufruir de uma panorâmica incrível sobre a cidade.

Dalt Vila conta com diversos pontos turísticos, entre os quais se destacam a Catedral da Virgem das Neves, a Praça da Vila e os miradouros.

Esta zona da cidade foi considerada Património da Humanidade pela Unesco, e é mesmo fácil perceber porquê.

Catedral de Ibiza

Marina

A zona do porto está repleta de bares, restaurantes e as lojas permanecem abertas até a meia-noite, razão pela qual é uma das zonas mais animadas da ilha.

Os terraços dos bares do porto são a ótima opção para começar uma noite de festa. Oferecem bebidas, vendem bilhetes para as principais discotecas e contam com atrativos desfiles para divulgar as festas mais badaladas.

Vale muito a pena um passeio pela marina repleta de barcos de recreio maravilhosos, pelas pequenas ruas de comércio de souvenirs, artesanato e artigos hippie muito originais.

FORMENTERA

Outro “must see” da visita a Ibiza é a pequena ilha de Formentera. A 40 minutos de viagem desde Ibiza, este lugar oferece-nos uma das visões mais paradisíacas de todo o Mediterrâneo. O problema, além do grande número de turistas, é o valor do bilhete do barco: 47 euros por pessoa (ida e volta) – mais o valor do aluguer de uma scooter, taxi ou autocarros.

Vale a pena?

Não excedeu a espectativas. Mas sim, vale muito a pena. Mas 1 ou 2 dias na ilha, é mais do que suficiente.

OS MELHORES PÔR DO SOL DE IBIZA

Estes são os locais de pôr do sol mais famosos de Ibiza:

  • Es Vedrà
  • Sunset Ashram na Cala Comte
  • Kumharas na San Antonio
  • Ses Salines
  • Benirras
  • Time & Space

Tive oportunidade de assistir ao pôr-do-sol em apenas dois destes lugares e foram as experiências mais incríveis de sempre.

Miradouro de Es Vedra

MIRADOURO DE ES VEDRA

Quando avistámos uma estrada de terra batida, estacionámos logo no inicio e vimos poucas pessoas e poucos carros. Nada me preparava para o calor humano que ia sentir. Ao chegar ao miradouro encontrámos um jeep do HardRock Hotel a passar música, grupos de amigos com mesas de pic-nic e centenas de pessoas pelo penhasco acima mesmo em frente à ilha de Es Vedra.

No momento em que o sol começou a tocar na água fez-se um silêncio respeitoso, baixou-se a música e ficou toda a gente de olhos postos no horizonte. Foi arrebatador! Quando deixou de se avistar o sol, levantaram-se as palmas e, de novo, a música.

Miradouro de Es Vedra
  • COMO IR

Quando chegar à estrada de terra batida, não tenha medo de continuar por lá. Encontram-se carros estacionados logo à entrada, mas lá à frente bem perto do miradouro há mini “parques de estacionamento” onde pode deixar o carro bem perto de onde tudo acontece.

BENIRRAS

O ponto alto de Benirras é o pôr-do-sol de domingo, e foi exatamente nesse dia que decidimos lá ir. Em Benirras a festa domina e o ambiente é incrível. Os hippies juntam-se à volta de tambores e agradecem ao sol mais um dia.

Na hora que o sol de põe os tambores soam ainda mais alto e ouvem-se palmas quentes e arrebatadoras. INCRÍVEL!

  • COMO IR

Apanhámos algum trânsito e chegámos uma hora antes do minuto exato em que se poria o sol, já a contar que seria confuso estacionar. Mais a afluência de gente já era enorme e tiverem que fechar os acessos ao estacionamento e à própria praia.

Solução: estacionar o carro longe e apanhar o autocarro em direção à praia.

Mas nós não encontrámos nem estacionamento nem autocarro. O tempo passava e o sol cada vez mais baixo ….

Portanto, demos vida aos chicos-espertos que há em nós, fomos até ao porto de San Miguel e apanhámos a estrada que o liga a Benirras. Antes de chegar ao local de encerramento da estrada estacionámos na berma. Descemos um 1 km (talvez) e chegámos à praia de Benirras uns 5 minutos antes do sol se pôr.

No entanto, sugiro fazerem como nós apenas em último recurso. A estrada é muito estreitinha, tem imensas curvas e só existe um espacinho na berma de toda a stranha onde é possível estacionar. Se toda a gente se lembra de fazer o mesmo, fica o caos transitar na estrada.

Sugestões:

  • Se pretendem ir de carro, vão muito mais cedo. Quem sabe, fazer praia durante a tarde e esperar pelo pôr-do-sol
  • O autocarro talvez seja a melhor solução. No entanto, no regresso vão ter que levar com a multidão a querer regressar também de autocarro.

COMPRAS EM IBIZA

Ibiza é muito conhecida pelas sua influências hippie, nomeadamente no que diz respeito à roupa e acessórios estilo boho exclusivos. Os mercados mais conhecidos são o Mercado Hippy de Las Dalias que funciona aos sábados durante o ano (das 10h às 20h) e o mercado hippie de Es Canar, que todas as quartas-feiras (10-18h, Abril – Outubro) oferece aos seus visitantes mais de 400 barracas nas quais se pode encontrar peças variadas, artesanato de prata e pele, objetos de decoração e peças de bijuteria. Além dos postos de venda, o mercado também conta com atuações musicais ao vivo e uma zona para beber e comer algo.

Existem ainda variadas lojas de artigos de Ibiza como a sal de Ibiza com peças de designers e o autêntico sal de Ibiza (bastante caro!) e outros mercados de rua dispersos por toda a ilha quase diariamente como na cidade Ibiza, Platja d’en Bossa, Santa Eulália, Benirrás.

Eu visitei o mercado de Benirrás após o espetáculo do pôr-do-sol e apesar de ser pequeno tem imensa roupa estilo boho, velas e acessórios diferentes.

A maioria dos presentes que trouxe de Ibiza comprei nas lojas La Sentinela. Existem lojas destas por toda a ilha que vendem “recuerdos” giríssimos, ímans, objetos boho e ainda essências de praia como pôr do sol, bikinis e toalha. Os preços são bem competitivos e vale a pena pela variedade.

RESTAURANTES/ CAFÉS EM IBIZA

Os restaurantes de Ibiza são extremamente apetecíveis mas também extremamente caros. Por isso optámos pelo regime de meia pensão no hotel, o que nos permitiu economizar na comida e resistir à tentação dos restaurantes bem decorados e com óptimo ar.

Os únicos restaurantes onde fomos e recomendamos foram:

  • Caos (Santa Eulália): Entre almoços e lanches de sandes, não conseguimos resistir ao Caos. Ao contrário do que o nome sugere, este Caos é o lugar perfeito para relaxar e desconectar virado para a praia de Santa Eulália. 
    O Caos preocupa-se em promover um consumo responsável e tem um enorme compromisso com a natureza e com suas terras, utilizando especialmente produtos agrícolas locais, sendo assim, um espaço de referência no campo da culinária ecológica.
    Escolhemos hummus de batata doce com palitos de cenoura e aipo e pão torrado que estava simplesmente delicioso (com muita vontade de experimentar em casa!). Foi o caos mais relaxante de sempre !
Caos
  • The Boat House (Praia de San Vicent): o restaurante mais giro que visitei na ilha, com toda a decoração ligada às atividades do mar. Vale a pena uma visita ao interior do restaurante para se sentir verdadeiramente dentro de um barco.
  • Café del Mar: O café é composto por dois edifícios: um mais antigo com uma decoração em tons de azul e branco e um edifício mais contemporâneo direccionado para a musica eletrónica. Fomos procurar o pôr-do-sol mais famoso da ilha, mas nesse dia a estrela maior trocou-nos as voltas e decidiu pôr-se atrás das nuvens para desilusão das centenas de pessoas sentadas no areal. Bebemos uma cerveja por 8€ (a mais barata) e uma água 33cl por 6€.

TRANSPORTES EM IBIZA

Existem várias opções de transportes em Ibiza, depende do orçamento disponível e do tipo de férias que pretendem fazer. Para quem gosta de se fixar entre o hotel e uma praia, não faz muito sentido gastar dinheiro no aluguer de um veículo.

Nós queríamos correr a ilha toda com as tralhas da praia atrás, e por isso alugámos um carro. Alugamos sempre na Goldcar, antes da viagem e online. Desta vez, andámos um fantástico e fofo fiat500 que serviu perfeitamente o propósito e cabia na perfeição em qualquer estacionamento.

Perguntas: Tenho visto alguns testemunhos que dizem ser preferível alugar moto pela facilidade de estacionamento e por ser mais barato nos parques das praias. Sentiu alguma dificuldade ao andar de carro por lá?

É uma boa questão. Sim é verdade que é mais difícil chegar às praias de carro do que moto (ou scooter) porque algumas praias ficam muito cheias e eles fecham o acesso, não permitindo a passagem de carros. Isso aconteceu-me em Benirrás (hora do por do sol) e em Formentera, na praia des Iletes – não deixavam passar motos nem carros. Nós alugámos um fiat500 e foi sempre fácil estacionar, mas claro, com uma scooter seria ainda mais fácil. No entanto, encontro 2 desvantagens da scooter: as distâncias e as tralhas. De carro demorámos 30 minutos a chegar a cada sitio, se alugar uma scooter, vai demorar mais ainda e não vai ser tão fácil transportar o chapéu de sol e as malas da praia.

DICAS:

  • Reserve o carro alugado previamente para garantir o carro e o melhor preço;
  • Asseguro que o seu hotel tem parque de estacionamento ou facilidade em estacionar perto;
  • Cuidado com o limite de velocidade, que varia de acordo com a zona, entre 30 e 100 km / h;
  • Existem vários radares fixos, quase sempre assinalados;
  • O estacionamento nem sempre é fácil, especialmente nas praias. Algumas praias têm apenas estacionamento pago disponível. Média 3 € / dia, na praia das Salinas são 6€/dia.
  • Inclua um seguro contra todos os riscos – com um veículo diferente e estradas novas, o melhor é mesmo prevenir
  • Se vai devolver o carro no aeroporto, planeie ir com tempo suficiente, especialmente se precisar reabastecer: há apenas alguns postos de gasolina na ilha e pode levar até 30 minutos para abastecer seu carro.

O MEU ROTEIRO

[googlemaps https://www.google.com/maps/d/u/0/embed?mid=1jT9aVvopmLhf0dDGTCaVi8lyMmtNKn4i&w=640&h=480]

DIA 1

DIA 2

  • Cala Jondal: não gostei particularmente
  • Cala des Salines: uma das melhores praias da ilha para fazer praia mas o estacionamento custa 6€/ dia
  • Cidade de Ibiza: hard rock, ruas de comércio, porto

DIA 3

  • Cala Bossa
  • Punta Grossa (pontão com farol)
  • Cala Llonga
  • Playa de Santa Eulalia: Lanchámos no Caos
  • Es Canar
  • Cala Nova

DIA 4

  • Cala Saladeta: fomos de barco desde o porto de Santo António (6€)
  • Cala de San Vicent: lanchámos no The Boat House Ibiza, vale a pena uma visita ao interior do restaurante.
  • Farol de Moscarter: não conseguimos chegar de carro ao farol. No entanto, é possível alcançá-lo através de um trilho pedonal.
  • Cala Benirrás: um dos lugares incríveis para assistir ao pôr-do-sol. Fomos exatamente a um domingo, o dia da semana mais concorrido para ver o pôr do sol, foi caótico estacionar. Aconselho ir bastante cedo para estacionar junto da praia ou optar por ida de autocarro. Apartir de uma certa hora proibem a chegada de carros perto da praia, apenas passam motociclos ou transportes públicos.

DIA 5

Formentera

Alugámos uma scooter e fomos diretos à praia do beso porque os acessos à praias des iletes encontravam-se interditos já que o estacionamento estava completo e caótico (acontece bastante em Ibiza!). Como tal, disfrutámos da praia do beso e depois caminhámos até à praia des iletes, onde eu “morri” na areia. O D. ainda foi espreitar a famosa língua de areia rodeada de água cristalina. Voltámos a pegar na scooter e fomos até ao cabo de Barbaria e depois até à Cala Saona, tomar uma bebida no café da praia.

DIA 6

Cafe del Mar

Dia 7

  • Ibiza: Dalt Vila
Panorâmica da Marina de Ibiza em Dalt Vila

Sigam os nossos passeios nas redes sociais.

As dicas em 👉 www.facebook.com/route92.travel/ e as fotos em 📸 http://www.instagram.com/route92.travelblog/.

Se tiverem alguma dúvida ou precisarem de ajuda para planear a vossa viagem enviem email para ⏩ route92.travelblog@gmail.com

Boas viagens! 😁🌍

1 comentário em “Ibiza: aspetos gerais e roteiro”

  1. Pingback: Por Lá – Route 92

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *