Avançar para o conteúdo

Isto é Timor

    A Lagoa da Vela é uma das 5 lagoas do concelho da Figueira da Foz e faz parte do sistema de lagoas de Quiaios, Bom Sucesso e Tocha. Conta com dois quilómetros de comprimento e 300 metros de largura. Apresenta uma forma alongada e desenvolve-se paralelamente ao mar, distando deste cerca de 5 quilómetros. A lagoa era circundada pelo Pinhal de Quiaios e por campos verdejantes, o que a tornavam um verdade espelho de água no meio da floresta.

    Atualmente, área circundante da lagoa está irreconhecível desde o devastador incêndio de Outubro de 2017 que fustigou a zona e destruiu toda a paisagem envolvente. A lagoa perdeu o abraço da densa floresta e deixou-se envolver apenas num despido solo arenoso.

    Muitas têm sido as promessas de medidas por parte da autarquia com o objetivo devolver a lagoa da vela a todos os figueirenses e aos visitantes, no sentido de maximizar o potencial da zona e impedir algumas situações recorrentes, como o desleixo ambiental. No entanto, poucas têm sido as novidades, apenas um passadiço que o leva de nenhum lado a lado nenhum.

    Apesar disso, alguns populares amantes da Lagoa da Vela têm feito um esforço por devolver à Lagoa da Vela o movimento de outrora. A mais recente novidade é o baloiço “Isto é Timor”. Construído com o intuito de “dar vida à nossa lagoa da vela e dar a conhecer o outro lado menos conhecido da lagoa”.

    Fomos à procura do baloiço num domingo de manhã.

    Colocámos as coordenadas no google maps e seguimos fiéis ao gps. Parámos o carro no destino indicado. Nem sinais de baloiço. Vimos um pescador que esboçou um sorriso de troça mal nos aproximámos.
    – Já sei o que procuram!
    – O baloiço…
    – Já estava à espera. Não são os primeiros perdidos desde que aqui estou.. Mas não é aqui…
    Ups, fomos enganados pelo Google maps! Como a estrada não é alcatroada, o Google maps não a reconhece. Mas descobrimos a solução !

    Localização: O truque é colocar o endereço da empresa de camiões “Transportes José Ferreira & Acurcio Lda” e seguir pela estrada de balastro do lado direito do edifício. Apartir daqui não dá para enganar!

    Ao chegar ao destino, encontram uma pequena casa identificada como “Timor” e uma bandeira do país. Basta contornar e deixar-se encantar pelo pequeno lugar mágico com uma mesa, o baloiço, um barquinho e uma imensa lagoa azul

    Mas o que mais me surpreendeu foi encontrar uma Lagoa da Vela realmente cheia de vida. Do baloiço conseguimos observar pessoas a correr, fazer yoga, passear os cães e a andar de cavalo pela lagoa. Incrível, mesmo !

    E porquê “Isto é Timor”?
    Basicamente havia um barco afundado que foi incendiado e a única coisa que sobrou foi uma placa com o nome “Timor”. Depois começaram a chamar à barraca Timor e daí o nome “isto é Timor”.

    Vale mesmo a pena visitar a Lagoa da Vela, e o baloiço “Isto é Timor” respeitando a natureza e este espaço carinhosamente concebido para todos !

    Bons passeios !

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *