Avançar para o conteúdo

Sevilha, 5 razões para visitar a capital da Andaluzia

    Sevilha fazia parte da minha lista de desejos há demasiado tempo. Já tive em Sevilha numa viagem do secundário, mas acho que estive demasiado preocupada em divertir-me com os meus amigos e pouco em desfrutar dos lugares. (don’t judge me!) De tal forma, que as recordações da Sevilha eram muito pouco. Lembro-me de uma catedral gigantesca e arrebatadora e do Real Alcazar estar fechado. 
    Entretanto o regresso a Sevilha foi se adiando. Planeava um dia fazer a costa sul de Espanha e incluir na viagem à cidade, os Caminitos del Rey e Ronda, mas como esta viagem requer pelo menos uma semana, foi se procrastinando o pacote inteiro. 
    Mas … Um dia, uma alma iluminada procurou viagens pela Ryanair para Sevilha. 30€ por pessoa ir e vir (+ uma mala) E disse: vamos a Sevilha nos teus anos! E fomos. 

    Já que atualmente as malas de cabine são cobradas pela Ryanair, optámos por levar apenas uma mala de cabine para dois. Ou seja, um de nós pagou mala de cabine com entrada prioritária e o outro não levou mala e foi para a fila “normal”. (Adivinhem só quem entrou na fila prioritária ✋ !)


    Optei por não usar o meu roteiro como mote para este post, já que foi muito orientado para a nossa disponibilidade e vontades, tal como os roteiros devem ser – personalizados aos desejos,  condicionantes e opções de cada um. (Maaas, o roteiro segue no final do post.)



    1# Praça de Espanha

    Não desistir é também a palavra de ordem quando tentar encontrar o estacionamento da UBER no aeroporto. Peça o UBER e siga em direcção ao estacionamento dos carros de aluguer e quando vir “uso exclusivo VTC” chegou ao sitio certo. Pode aguardar. 


    A cidade surpreendeu-me muito. Já estava à espera de monumentos grandiosos e ruas encantadoras.  Tudo nos trinques. Adorei Sevilha… E quero muito voltar. Muitas vezes. 



    Na minha opinião, para conhecer e desfrutar Sevilha são precisos 2 a 3 dias. Mas claro, quando mais tempo houver, mais haverá para descobrir. 


    Escolhi então, 5 motivos para vos convencer a visitar Sevilha. 


    A praça de Espanha era a visita mais esperada. E foi tal e qual como nos sonhos. Tal e qual como nas fotos. A praça mais encantadora que já vi na vida. A arquitetura juntou o edifício, a água, as pontes, magníficos azulejos e o regionalismo muito espanhol numa sinergia perfeita. 
    Esta praça é palco de todo o tipo de passeios em família: barco, coches, carrinhos de bébe e segway. Tivemos ainda a sorte de assistir ao flamenco de rua. O puro e duro. 

    2# A Vida da Cidade

    Não estava à espera de encontrar uma cidade com tanta vida, gente na rua, nas esplanadas. Muita vida nocturna, jantares de amigos e convívio. Muitos passeios em família ao fim de semana. Com uma diferença dos nossos passeios. Nós temos a mania de enfiar os miúdos nos fatos de treinos, vestir a nossa roupa de andar-por-casa e ir passear para a rua. Eles não. Vestem os melhores trapinhos domingueiros, com os meninos e as meninas a fazer pandã entre as camisolas e as meias até ao joelho.
    O Real Alcazar é um complexo situado em Sevilha composto por vários edifícios de diferentes épocas. Atualmente é utilizado como lugar de alojamento dos membros da Família Real ou de personalidades que visitam a cidade.  Foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO, no ano de 1987, integrado no complexo constituído pela Catedral, Alcázar e Arquivo das Índias em Sevilha.



    Este palácio deixou-me bastante surpreendida não só pela arquitetura dos interiores com paredes e tetos completamente revestidos por pequenos azulejos coloridos mas também pela imensidão dos jardins que convidam a um passeio ao ar livre.

    3# Real Alcazar de Sevilha










    4# Catedral de Sevilha

    Catedral de Sevilha é uma das “rainhas da cidade”, uma das maiores igrejas católicas do mundo, atrás apenas da St. Paul de Londres e da Basílica de São Pedro no Vaticanoe é impossível ficar indiferente à sua imponência e riqueza.

    Foi erguida entre 1402 e 1506, sobre as bases de uma antiga mesquita moura – herança da ocupação árabe na cidade – que acabou em ruínas depois de um forte terremoto, em 1356.

    Horários e preços:


    O edifico exterior é bastante sumptuoso e o interior supera as elevadas expectativas criadas com base no mesmo.


    De setembro a junho: segunda-feira (de 11h às 15h30), de terça a sábado (de 11h às 17h) e domingos (de 14h30 às 18h).
    Em julho e agosto: segunda-feira (das 9h30 às 14h30), terça a sábado (das 9h30 às 16h) e domingos ( das 14h30 às 18h).
    Há oferta de passeios guiados gratuitos pela tarde, mas é preciso reservar com antecedência pelo email info@catedraldesevilla.es.
    Adultos pagam 9 euros, estudantes menores de 26 anos e crianças pagam 3.
    A subida da torre La Giralda é bastante cansativa, mas a vista lá de cima recompensa os mais corajosos”













    Como circular em Sevilha?

    A melhor forma de se deslocar em Sevilha é, sem dúvida, a pé. A cidade é muito compacta, tudo fica perto e não vai mesmo querer perder as ruas cheias de movimento e os edifícios lindos escondidos. A cidade é servida por autocarro, uma linha de metro superficial, taxis e UBER. Para fazer o caminho desde o aeroporto existe a possibilidade de usar o autocarro, mais em conta mas mais demorado, ou os transportes individuais. Eu sou uma fã assumidíssima da UBER, como tal, foi a minha primeira opção. Gastámos 18€ do aeroporto ao nosso apartamento (pertinho da catedral). 
    No último dia, queríamos fazer o sentido inverso e a aplicação pedia 43€. SIM, 43€! O melhor é respirar fundo. Esperar. Voltar a tentar. 30€. Respirar fundo. Esperar. Voltar a tentar. 20€. Ok melhor. É normal que nas horas de ponta os preços subam horrores porque existe um aumento da procura. O truque é não desistir! 


    Recomendo:

    – Restaurantes:

    – Acomodação: Terrazas de la Catedral (reserva no booking)




    Roteiro Sevilha

    [googlemaps https://www.google.com/maps/d/embed?mid=1BLUVAUpHER2Oy6ONuPbRsXOKppG4etLS&w=640&h=480] Mais fotografias aqui.


    Sigam os nossos passeios nas redes sociais. 
    As dicas em 👉 www.facebook.com/route92.travel/ 
    e as fotos em 
    📸 http://www.instagram.com/route92.travelblog/ 
    Se tiverem alguma dúvida ou precisarem de ajuda para planear a vossa viagem enviem email para ⏩ route92.travelblog@gmail.com.
    Boas viagens! 😁

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *